] quinta-feira, outubro 04, 2007
 


Parece que a farda do BOPE (Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar) já virou moda (apesar do filme não ter sido lançado ainda). Sabe aquela farda escura, boina preta, coturnão...? Essa mesmo. Não sei ainda se andar com armamento pesado também deve vir com o pacote, mas isso no Rio não parece que vá ser uma dificuldade...

“Vendedores estimam que a procura por uniformes semelhantes aos usados pelos policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) cresceu 30% desde que o filme foi pirateado.” (Christina Nascimento, O Dia Online/Terra)

Sensacional, hein?

Principalmente porque no Brasil não existe legislação que regule a venda desse tipo de coisa pra civis. Chega a ser surreal uma coisa dessas. E o filme nem foi lançado ainda, imagina quando for! Agora tu imagina que beleza... tu é abordado pelo Bope (veja, o Bope não faz esse tipo de coisa assim, hein? A não ser que tu more numa favela. Aí pode rolar desde um tranco básico até a mais alta violência, dependendo das circunstâncias. Mas o Bope é de operações especiais, portanto abordar civis na cidade, no asfalto, não rolaria) e quando vê é a bandidagem. Aí tu é abordado por um bando de fardado do Bope e sai fora, foge, pensando que é “bandido”. O Bope, que não leva desaforo pra casa, mete tiro porque tu tá fugindo. Básico assim, hein? Porque não teve um puto ser humano capaz de pensar numa lei que proíba a venda de uniformes e insígnias oficiais. Se tem até regulação sobre a venda de cola de sapateiro (tem que dar identidade e assinar papelzinho), por que não sobre os uniformes.

Quanto tempo acham que pode demorar pra isso começar a dar confusão?

[ Penkala ] 21:40 ] 5 comentários

 
eu uso óculos




CLICA QUE VAI:
www.flickr.com
Penkala's eu, casa & coisas photoset Penkala's eu, casa & coisas photoset

BLACK BIRD SINGING:

Get Firefox!








Powered by Blogger


RSS