] sábado, junho 07, 2008
 
vários dos meus vizinhos têm wireless. não é legal? tipo assim, duns 15 deles, pelo menos uns 13 fecham a sua rede. incluindo a gente aqui em casa. mas o que eu acho legal mesmo é meu wireless, volta e meia, fazer conexão com outra rede que não a minha. porque o paspalho do vizinho nem fechou a rede dele, e nem nomeou a rede dele.

tipo. deve ter achado DEFAULT um nome bonito.

tem dias que eu tenho ganas de gritar: "Ô seu defáuti da silva, façavor de mudar o nome da tua rede, amigoam? valeu, hein?"

* * *

porto alegre é terra sem lei da meteorologia. faz dias frios por essa época, mas também tem dia que os marcadores vão aos absurdos 35 graus. e chove de manhã e abre soláço logo em seguida. e tem dias que tu acorda com aquele bafão. sai de casa munido apenas de uma blusinha. e com o guarda-chuva, que bafão prevê chuvão. mas não apenas tu te dá mals porque de noite faz um frio do caralho como tens que carregar de volta o guarda-chuva sem sequer ter ameaçado abrir. mas o que eu acho tri é quando tu passa uma semana fora de casa (marido não lavou a roupa porque passa, ele mesmo, o dia todo fora de casa), aí nos dias que tu fica em casa o dia todo, aquele chuvarão e umidade do cão. nos dias em que tu sai cedo e volta tarde, é calor e soláço. aí sábado tu acorda e vê que tem sol. e céu azul. e meta lavar roupa. três levas de roupa, entre lençóis, toalhas prestes a mofarem por causa da umidade e uma tonelada de coisinhas acumuladas. tu bota a última leva de coisas na corda e, bom, o que acontece?

chove.

aí pára, e abre sol, e tu bota tudinovo na corda, porque tu tirou pra não molhar, e aí dá meia hora e acontece o que?

chove. de novo. e muito mais.

e aí a minha casa fica parecendo aqueles cortição, com roupa pendurada em tudo quanto é lugar. sabe quitinete de estudante de medicina? é mais ou menos isso.

* * *

o que, de fato, combina com a casa, não posso dizer que não. é um escritório com filme empilhado em cima de livro em cima de prova em cima de papel em cima de carcaça de computador suicida aberta... e roupas sobre o pufe, que eu ainda não dobrei.
é a sala, que tá sendo varrida apenas por onde passa a procissão, e aquele bando de passarinho pentelho mandando toneladas de penas pela atmosfera a fora e toneladas de sementes pelo chão a cada minuto.
é um banheiro com box passado do prazo de validade daquela escovada básica e roupas pra lavar saindo pelo ladrão do cesto de roupas.
é uma cozinha onde não se pode nem ferver uma água, porque ninguém alcança a torneira, acha a chaleira ou tem condições de acender a boca do fogão, que está servindo de prateleira de panela suja. fora a geladeira, pedindo "limpe-me, por favor" toda vez que é aberta.

é a própria visão do inferno, com cor, textura e cheiro. ou vocês acham que alguém conseguiu colocar o lixo na rua já?

[ Penkala ] 16:08 ] 7 comentários

 
eu uso óculos




CLICA QUE VAI:
www.flickr.com
Penkala's eu, casa & coisas photoset Penkala's eu, casa & coisas photoset

BLACK BIRD SINGING:

Get Firefox!








Powered by Blogger


RSS