] quinta-feira, agosto 28, 2008
 
DJ da ante-sala do inferno em:
Desventuras em série de um fã de música com coro de índios

porque meu vizinho, segundo a Lady A. diz, tá virando uma saga. a partir do meio dia é sempre um som eclético do caramba que toca alto o suficiente pra preencher musicalmente os apartamentos dos 4 ou 5 prédios do entorno. pensando bem agora, o vizinho não repete uma música sequer. a cada dia uma nova trilha pras tardes, o que varia de música grega, cantos gregorianos, secos e molhados, elis regina, techno, a frank zappa e doors. hoje a trilha começou com uma trilha de um filme que não lembro qual é, recheada de violinos tristes que pareciam as composições do Enio Morricone pra A Missão. mas não eram, porque essa trilha eu sei de cor. e é triste de dar dor. mas a do cara é infinitamente inferior ao oboé da trilha de Morricone. até quando teve flautinha deixou a desejar. então não era a trilha de A Missão.

nas partes mais tristes e dramáticas, ele aumenta o som. aí começou uma mistura de cantos gregorianos com trilha de bacanal de filme do Kubrick. que, aliás, confesso que me dá medo mais que Revolution number nine dos Beatles, hein? mas aí começa uma coisa bem coro de índios e eu já não entendo mais bosta nenhuma.

aí agora parece que tem um coro de mulheres com voz de Bete Carvalho. o que me lembra que o DJ da ante-sala do inferno também já fez uma tarde toda de Elis Regina.

chega a me dar uma ansiedade. qual será a próxima música?

[ Penkala ] 12:50 ] 3 comentários

 
eu uso óculos




CLICA QUE VAI:
www.flickr.com
Penkala's eu, casa & coisas photoset Penkala's eu, casa & coisas photoset

BLACK BIRD SINGING:

Get Firefox!








Powered by Blogger


RSS