] quinta-feira, setembro 24, 2009
 
mkt viral do dramin

o mundo gira alucinado tanto tanto que tu começa a enjoar. aí tu pensa no dramin. pronto: perfeito viral. eu, que sou filha dum desenhista mecânico meticuloso e duma psiquiatra desvairada, gostava de ter o mínimo de equilíbrio nesta vida. mas simulador de terremoto do museu da pucrs e seus pífios grauzinhos na escala Richter são bobagem perto das rpm que esse mundo tá dando. da janelinha, a paisagem é um borrão. eu, que gosto de trens, de repente tou no bala. onde está a classe nesta merda? trem bala não é trem. ponto final.

mas o mundo...

então o mundo girando, eu tonteando, praticamente já me agarrando no primeiro passante e dizendo "te considero pra caramba", de tão bêbada, e eu puxo a cordinha, e essa merda de mundo é da carris, então nem sempre a cordinha resulta no aviso de parada solicitada e nem os apelos de "deeeeeeeeeeeesce" fazem o motorista abrir a porta pra tu descer. eu tenho toc, minha gente. e problemas pra me localizar. não pode sair dum certo trilho sem me avisar que eu me perco.

só que, pronto, a vida é uma palhaça mesmo. dando risada da minha cara desde 1978.

num dia tu te despede duma pessoa com uma sensação muito estranha que tu não tinha tido antes. literalmente no dia seguinte a pessoa está em coma num leito de uti com pouquíssimas chances de sobrevivência. numa semana tu tá levando a vida sem sobressaltos duma véia de 73 anos e na semana seguinte tu tá no "fasten your seat belts. it's going to be a bumpy night!", com o pino na velocidade "17 anos", idade em que tu era destemido e não era uma vida doida que ia estragar teu humor. bem pelo contrário.

sabe a cena aquela do Lock, Stock and Two Smoking Barrels? tu passa a sequência toda sem notar, e quando tu vê a namorada stoned dum deles levanta e metralha todo mundo. tu não viu a bobinha, olhou achando que fazia parte do sofá, nem precisou olhar duas vezes porque jamais um sofá se levantaria e te metralharia. numa hora dessas ou tu te finge de morto, ou continua levando bala.

vida injusta, caramba! não tem outro jeito? negociando, será que dá pra situação ser menos complicada, pra pergunta ser menos complexa, pra alguém soprar a resposta?

no filme tem efeitos fancy de câmera lenta e o diabo A4. só que, porra! onde é que tem pause nesta merda, hein? onde tem rewind? onde é que o Guy Ritchie aperta pra metralhadora ficar mais lenta? porque, honestamente, minha querida, eu tou me lixando. eu e o rhett butler. tou me lixando se esse motorista não parou quando eu puxei a cordinha. o que me apavora é que o porra tá sem freio, descendo a lomba.

[ Penkala ] 12:44 ] 0 comentários

 
eu uso óculos




CLICA QUE VAI:
www.flickr.com
Penkala's eu, casa & coisas photoset Penkala's eu, casa & coisas photoset

BLACK BIRD SINGING:

Get Firefox!








Powered by Blogger


RSS