] terça-feira, março 16, 2010
 
saindo atrasada pro treino de boxe, nem bem olhei pros lados. saí andando rápido e enrolando as ataduras nos punhos. aí um engraçadinho (palhaço, com o perdão da ofensa aos profissionais da palhaçada) passa por mim e dá aquela olhada e a tradicional, escrota e nojenta chupada de dente. faltou muito, mas muito pouco pra eu parar e perguntar pro animal:

tá com problema nos dentinhos? porque eu posso arrancar todos eles na porrada agora e acabar com teus problemas, qué?

não me incomodo que me olhem. olhar não arranca pedaço, embora eu ache que tem olhares que poderiam ser mais discretos. (bom, se tu estiveres com a namorada ou esposa, faz favor de te controlar, mané!) o problema é o desrespeito. e os homens normalmente acham frescura chamar isso de desrespeito. mas é. é simplesmente porque te expõe, na rua, a um tratamento constrangedor, onde tu é um pedaço de pernil e o cara... bom, o cara, se achando o senhor de todo o universo, é apenas um idiota querendo carninha. é desrespeito porque "a caça", o "cortejo", até o "homem olhando mulher" são coisas que devem ficar restritas a alguns contextos. se tu olha, isso não atinge a mulher olhada. atinge a namorada que tá do teu lado se for o caso, mas aí ela, se for astuta, vai te atingir o rim com a cotovelada tradicional. mas se tu ultrapassa o limite da olhada, meu amigo, aí, sim, faça o favor de ser decente. se o contexto permitir. se não permitir, tenha a classe de ficar reduzido à sua insignificância, ok?

e eu saindo pro treino atrasada às 10h ter que ouvir isso não é o que eu chamo de... contexto.

e tem outra... incrível como o tipo do cara que faz esse tipo de coisa é o loser e não vai deixar de ser o loser. e mulher não gosta de loser, meu. os caras fazem esse aproach tosco porque se acham os tais (e, sim, se acham POR CIMA. e isso significa: por cima da mulher. e isso, pra mim, só se eu te dei essas intimidades) normalmente são os menos tais. e são da mesma laia dos caras que dão aquela buzinadinha (que dá vontade de perguntar O QUE DIABOS O CARA TÁ QUERENDO DIZER COM AQUILO) e da mesma do sujeito aquele que tá num carro com mais três otários e tira a cabeça pra fora da janela pra gritar algo que, no geral, é claramente a afirmação da loserice dele na forma de grunhidos.

por que é que, fora de contexto, ficar fazendo esse tipo de coisa (ou passar pela colega de trabalho e chamar a criatura de gostosa ou dar aquela conferida intrusiva) é ofensivo? porque fora dos limites do relacionamento interpessoal sexual ou romântico, e além da olhada, fazer isso é o mesmo que dizer: "pra mim, mulher está aí pra gente dispôr. mulher existe pra satisfazer homem. mulher foi feita pra pegação. mulher não é um ser humano igual a mim, mas alguém que eu pego, que eu cato".

percebem?

né recalque, não. bem pelo contrário. a prova maior disso é que os caras que não fazem esse tipo de escrotice são os caras por quem nós pagamos um pau desgraçado. e, normalmente, são os que são competentes.

porque no trabalho, sim, o cara pode olhar. mas no trabalho eu sou colega, eu sou chefe, sou subalterna, sou o que for. e isso não inclui o cara agir como se eu estivesse no mundo pra satisfação masculina. depois ficam fazendo piadinha - essas piadas me enojam e ofendem de tal forma que nem sei explicar - que pra ganhar o coração de uma mulher basta um cartão de crédito sem limite. alguns, mais escrotos (e possivelmente broxas, ou de performance sofrível, ou eternos punheteiros), falam que pra conseguir abrir as pernas de uma mulher, nada como dinheiro.

(dá vontade de dizer pro idiota: "claro. foi assim que tu foi concebido, né?" - com a licença da ofensa às putas, que são trabalhadoras e não merecem a piada de mau gosto)

(isso normalmente é desculpa do cara que não consegue namorada porque é escroto demais e aí pensa "ai, só vou conseguir namorada se for rico". não, meu bem. se fosse assim, pobre não casava)

tudo isso por que eu fiquei incomodada com o "chupa dentes"? não. foi porque isso vem me incomodando faz tempo. e porque chupar dentes sempre me faz pensar que o cara tá reclamando de dor sem de fato sentir dor. o que me leva a tentar ajustar essa injustiça e dar motivos pro cara fazer isso.

doeu olhar pra mulher? a mulher é bonita que dói? é inevitável chupar o dentinho (blé)? então faz isso pra ti, amigo. homens decentes não fazem isso assim, na cara da mulher, como se fossem uma sirene. ou tu vai ficar só na dor pra sempre (ou enquanto não aparecer mulher idiota que te aceite, né?).

[ Penkala ] 15:09 ] 3 comentários

 
eu uso óculos




CLICA QUE VAI:
www.flickr.com
Penkala's eu, casa & coisas photoset Penkala's eu, casa & coisas photoset

BLACK BIRD SINGING:

Get Firefox!








Powered by Blogger


RSS