] terça-feira, janeiro 25, 2011
 
eu tenho essa impressão de que o mundo diz algumas coisas pra gente e que nem sempre a gente entende. há tanto tempo uma voz me diz pra eu ir embora pra sempre. há tanto tempo essa voz fica dizendo: aproveita e vaza e nunca mais volta. e eu tenho medo. eu acho que tenho medo porque eu preciso ter onde me segurar, mas eu tenho mais medo porque eu sinto que assim, mesmo, é que eu ia ver que ninguém ia sentir minha falta. não os meus pais e amigos. mas ninguém mais. e talvez por isso eu ainda fique aqui. o que é ridículo, porque pra que diabos eu vou ficar num lugar onde não faço diferença?

e há tanto tempo a vida vem me dando sinais de que eu devo mesmo pegar minhas coisinhas e vazar. porque ser a única que fica, ser a que vê os outros sempre dando as costas, ser aquela que espera... isso é uma merda. vai embora, ana paula, feito quem foi sem nem olhar pra trás e nem voltar pra pegar seus pertences... vai embora feito quem nunca nem veio dizer que não ia ficar. vai embora feito quem não teve coragem de não entrar na tua vida sabendo que ia pra nunca mais voltar. vai embora, feito quem sempre ia embora só pra te humilhar depois. vai. vai embora como os que te deixaram falando sozinha. como os que fizeram silêncio quando tu falou. vai embora feito quem disse que já voltava e nunca mais deu sinal. feito quem teve medo, pediu um tempo, e nunca mais respondeu. vai embora feito quem te enrosca num véu, te faz sentir feliz, e depois simplesmente desaparece. vai embora e não dá mais o ar da graça. vai embora sem nem dizer que vai. pega essa porra desse coração que não serve mais pra merda nenhuma e vai embora. porque quem sabe em outro lugar, ausência seja outro conceito.

[ Penkala ] 23:09 ] 0 comentários

 
eu uso óculos




CLICA QUE VAI:
www.flickr.com
Penkala's eu, casa & coisas photoset Penkala's eu, casa & coisas photoset

BLACK BIRD SINGING:

Get Firefox!








Powered by Blogger


RSS